domingo, 16 de Maio de 2010

O fim de um capítulo...


Partir...olhar para trás sem recear o caminho que há pela frente.


Medo?? Não.

Receio? Do desconhecido...

Ansiedade? Controlada.

Passaram dois anos desde o dia em que entrei na empresa. Sentia em mim o estigma de trabalhar num Call Center. Pensei não ser capaz…pensei que à primeira chamada seria o fim de uma curta carreira como “telefonista”.

Enganei-me. Mais uma vez as ideias preconcebidas de uma sociedade fechada em si criou em mim uma imagem completamente distorcida da realidade. Pode não ser o trabalho perfeito, nem tão pouco o emprego que qualquer jovem recém licenciado ambiciona…mas torna-nos mais fortes.

Cresci. Entrei ainda miúda…saí sem dúvida uma mulher. Experiências fortes, momentos de frustração, mas também alguns sorrisos.

Dois longos anos…e tanta coisa…

Mas chegou ao fim…terminou uma fase para começar uma nova.

Comigo levo as recordações, os conhecimentos, as pessoas…

Naquele lugar deixo as desilusões, as frustrações e todos os momentos em que me senti inútil…

É com estas frases desalinhadas que me despeço deste espaço. É com estas palavras desordenadas que encerro esta fase…que escrevo o meu último devaneio.

Vou sentir falta…vou ter vontade de ouvir a voz do outro lado da linha, mas a janela abriu-se e agora é hora de voar.

Encerro este capítulo, mas continuo a escrever nas páginas deste meu livro.

Em breve um novo blog, uma nova escrita, uma nova vida…

Até sempre...

terça-feira, 11 de Maio de 2010

Um dia para mudar...



Faz hoje precisamente um mês...nada mais oportuno. Na madrugada de 11 de Abril a vida resolveu pregar-me uma partida. Resolveu mostrar que o caminho não era o certo…e que era preciso dar a volta.
Foram 180º graus…voltas e mais voltas. Bastaram pequenos acontecimentos para tornar o certo incerto…o correcto no errado. Seguiram-se dias, dias de total desconcerto…fui ao fundo, bem ao fundo. Culpabilizem-me pelos males do mundo, senti em mim o peso do “inferno”.
Quando se ouve uma jovem de 23 anos a falar de uma forma tão amarga parece que não faz sentido. Como pode tal criatura falar de sofrimento quando ainda não conheceu a vida? O sofrimento, a tristeza e a frustração está reflectido nas expectativas que colocamos em tudo o que está fora de nós. Dramatizamos, é certo…mas só assim é possível sentir tudo aquilo que nos pesa, dar valor ao que nos torna mais leve.

Perdi muito…ganhei tanto. Mudei…mudamos, nada está como antes...

Erros?? Todos cometemos…mas sem eles não estaríamos aqui…não estaria aqui. Um mês depois sinto-me livre…sinto-me diferente, mas igual a mim mesma. Não culpo ninguém, e no fundo já não me culpo…nada é por acaso, e se hoje posso sorrir, se hoje estou feliz posso agradecer aos obstáculos, aos outros…tornaram-me mais forte e capaz de perceber o que realmente vale a pena.

Vou ter saudades…vou sentir falta da minha relevância…vou querer ouvir a voz do outro lado…mas as coisas mudam, e eu também…

Até Breve!

domingo, 2 de Maio de 2010

New Day...

Mais alguns dias sem escrever…mais algumas palavras por dizer. Não foi a fraqueza que consumiu a minha capacidade de compor umas linhas…foi a ausência do interessante…

Nos últimos tempos algo mudou…eu mudei. Tudo ficou diferente, o que era certo tornou-se incerto…e as minhas palavras perderam-se num infinito de ideias fortuitas. Escrever no blog deixou de ser um escape…tornou-se uma necessidade, e quando me apercebi estava a depositar fracassos, receios e frustrações. Quando dei por mim estava a partilhar com o mundo a minha tristeza. Quis fugir, guardar comigo todos os momentos críticos e tornar as minhas palavras invisíveis…

Uma fase complicada, mas ao mesmo tempo necessária. Fiz o meu silêncio, e hoje vou dormir com um sorriso. Amanhã irei acordar, lavar o rosto, olhar para o espelho e acreditar que vai ser um bom dia. Os ventos estão a mudar eles trazem boas novas…trazem crescimento, motivações e acima de tudo perspectivas.

Até lá estarei por cá para partilhar mais alguns momentos do mundo “enigmático” dos Call Centers…

It's a new dawn, it's a new day, it's a new life for me...and I'm feeling good!

(Feeling Good, Nina Simone)

My pace ... my words ... my inspiration ...

Até Breve!

segunda-feira, 19 de Abril de 2010

De volta...


Passou tanto tempo e nem uma palavra…

Praticamente duas semanas sem escrever…dias inteiros de pensamentos perdidos, momentos esquecidos, e jamais relatados….

Senti falta do meu espaço, da minha escrita, do meu lugar, mas a incapacidade de me sentir deixou-me esquecida, deixou-me longe da promessa deste blog…

Perdoem-me todos aqueles que vêem no meu discurso uma realidade, uma voz, uma identificação, mas durante todos estes dias não consegui compor nem uma linha.

Sentir desagrado pelo que se faz, sentir frustração por querer mais, sentir desmotivação por estar longe do futuro…quem nunca se sentiu assim?

Mas foi um pouco mais do que isso… foi perder o rumo, não sentir a terra e deixar-me levar pela alienação. Foi virar a página e trocar as letras…sentir que nada faz sentido. Não fará sentido relatar neste nosso “cantinho” os acontecimentos da última semana, provavelmente perderia toda a importância extrema que lhes dei, queria apenas “desculpar-me” por toda esta ausência.

Um dia alguém me disse que só escrevia quando estava bem ou quando estava mal. Na altura não percebi, mas hoje compreendo porque deixou de escrever…o estado de empatia não nos permite se quer dar sentido às palavras, quanto mais construir histórias da nossa própria vivência.

Hoje acordei, prometi que seria diferente…disfarcei as marcas do cansaço e segui em frente. Entrei, coloquei o sorriso e tudo pareceu mais fácil…

Até Breve…prometo!

terça-feira, 6 de Abril de 2010

Expressões de um Desabafo


Nem sei bem o que escrever…provavelmente por não ter palavras para expressar o dia de hoje.


A cabeça está cheia de “coisas”…pensamentos perdidos, ideias dispersas e palavras soltas. Mas ao mesmo tempo a sensação de vazio. Dentro de mim um grito silencioso que por mais que tente não se deixa ouvir. Pergunto-me porquê eu? Porquê é que a sorte não me bate à porta?

Sorte? Que Sorte? Aquela que nós construímos com os nossos passos? Aquela que por medo ou falta de coragem eu deixei fugir? Porquê lamentar o lamentável…porque pedir aquilo que nunca quis? Sinto-me a grande responsável por ainda estar aqui…por ter dedicado cada dia ao meu “emprego” como se não houvesse melhor. E hoje quem sou eu? Uma mera operadora de Contact Center …

Sinto os anos a passar nas minhas palavras…esqueço-me que apenas tenho 23anos…uma miúda com uma vida pela frente…

Até Breve!

segunda-feira, 5 de Abril de 2010

Mais uma Segunda...


Depois de 3 dias em pleno descanso é sempre dificil regressar. Segunda feira, aquele dia fatitigo…onde os sorrisos estão cerrados e as palavras são rigidas.

Toca o despertador. Enrolo-me nos lençois. Não quero sair. Vou fechar olhos, e pensar que ainda é sexta…

Levanto-me…e penso que será apenas mais uma semana.

Para além de ter “gasto o meu português” a explicar todos os procedimentos a uma cliente, dando um “ar da minha graça”…e no final chamar-me mentirosa. Acho que não ocorreu nada de extraordinário. Apenas mais uma Segunda…

Até Breve!

sábado, 3 de Abril de 2010

Estágios para Administração Local



A chuva de estágios continua…

No passado dia 1 de Abril o Governo aprovou o diploma que abre duas mil vagas para estágios profissionais na administração local. Treta ou não eles estão cá fora…

Este programa é mais uma das medidas do governo para “ajudar” os jovens a conseguir emprego. Esta iniciativa “confere ainda a possibilidade das autarquias, pela primeira vez, definirem o local do exercício do estágio noutras entidades, como instituições particulares de solidariedade social e em empresas, permitindo assim diversificar as oportunidades para os jovens candidatos”.


As características dos destinatários são semelhantes às indicadas pelo PEPAC (programa de Estágios Profissionais na Administração Central), “jovens licenciados, desempregados, à procura do primeiro emprego ou à procura de emprego correspondente à sua área de formação e nível de qualificação”.

O anúncio destes estágios já tinha sido divulgado pelo blog no inicio de 2010, mas só este mês foi aprovado em Conselho de Ministros. Agora é aguardar a sua divulgação.


O PEPAC já se encontra em curso, só é lamentável que a plataforma para a candidatura seja tão obsoleta. E sinceramente tenho as minhas dúvidas em relação a sucesso desta medida.




Até Breve!